Ascade recebe o 3º Torneio de Pesca Esportiva

 

A Ascade recebeu nesta sexta-feira e sábado, 01 e 02 de setembro, a terceira edição do Torneio Brasília de Pesca Esportiva do Lago Paranoá, que contou com a participação de pouco mais de 50 competidores entre barcos e caiaques.

O torneio aconteceu na modalidade “pesque-e-solte”, de tucunaré, utilizando-se iscas artificiais e os exemplares fisgados, após serem julgados, foram medidos e devolvidos para as águas do Paranoá.

Na categoria caiaque o vencedor foi Welington Ferreira. Na categoria barcos a classificação foi a seguinte: 3º lugar (Equipe Aroeira) composta por Denys Morais, Leandro Morais e Juliano Silva / 2º lugar (Equipe Baitcasting) composta por Muzio Cafezeiro, Luiz Caio e Emanuel Vasconcelos / 1º lugar (Equipe Saúde Médica) composta por Emerson Oliveira, Thiago Name e Bruno Name.

O destaque do torneio foi Luiz Caio, que fisgou o maior peixe da competição com 51.5cm. Ao final da premiação foram sorteados brindes para todos os participantes.

Em épocas de calor, a pesca esportiva é farta e com muitas emoções para o pescador e o desempenho do peixe é sempre muito satisfatório. Para o árbitro do evento, Kelven Lopes, o balanço do torneio foi espetacular, porém com muitos ventos, o que prejudicou a captura dos peixes. “Os competidores dos caiaques sofreram muito com os ventos, mas foi um grande espetáculo com a captura de peixes acima de 50cm”.

O 3º Torneio Brasília de Pesca Esportiva do Lago Paranoá foi produzido pela Federação Candanga de Pesca Esportiva (FCPE), contou com o apoio da Ascade, Sindilegis, Legis Club Brasil e empresas parceiras. A iniciativa do evento visa divulgar o potencial turístico e os atrativos da pesca esportiva do lago, além de conscientizar os participantes e a comunidade sobre a preservação do meio ambiente.

De acordo com o diretor Náutico da Ascade, Pedro Caixeta, o torneio foi muito positivo, bem familiar, apesar de ter poucos peixes, mas foi muito bom para a Associação. “Recebemos muitos visitantes, que vieram conhecer o clube e apreciar o espetáculo de barcos, lanchas e caiaques. Essas pessoas estiveram aqui com seus familiares e já se interessaram em associar-se ao clube. Isso é muito positivo. É um evento que precisamos sediar por mais edições”.

Feliz com o resultado de mais uma edição da competição, o organizador do evento, Delcimar Pires, agradeceu a parceria da Ascade, Sindilegis, Legis Club e outras empresas parceiras do evento e destacou que esta é uma competição que ajuda a reunir adeptos da pesca esportiva, além de desenvolver a consciência ecológica dos participantes.

“ Foi um evento sem incidentes, uma coisa muito boa. Os participantes pescaram pouco menos que edições anteriores. A condição climática é isso, a natureza é mais forte que qualquer estratégia humana. As equipes se esforçaram, venceu quem capturou os maiores peixes. Esperamos no próximo ano fazer um torneio maior e mais saudável”, concluiu.

 

.